(: Mulekka :)


Domingo , 16 de Julho


Giselda

Ultraje A Rigor

Ououououououou Giselda! Ououououououou Giselda! Ouououo Giselda!Ouououo Giselda!
Ououououououou Giselda!


Você 'tá dando sopa e eu não ganho nem uma colherinha
Só quero um pedacinho mas você me dá uma migalhinha
Eu nem sou de comer tanto
D Dm
Mas você eu almoço e janto
Ououououououo Giselda


'Cê fica dando bola mas na hora de jogar não rola
'Tá sendo egoísta, eu 'tô livre e 'cê não passa a bola
Para de jogar sozinha
Vamos fazer uma tabelinha
Ououououououo Giselda

Ououououououou Giselda! Ououououououou Giselda! Ouououo Giselda!Ouououo Giselda!
Ououououououou Giselda!

A'Cê 'tá jogada às traças mas não quer a minha naftalina
seu tanque 'tá vazio e 'cê regula a minha gasolina
olha o salgadão que eu trouxe
prá combinar com esse seu doce
Ououououououo Giselda


Giselda 'cê não 'tá querendo entender
Que eu 'tô pagando sapo prá você

Mas se você achar que ainda é pouco
É só você falar que eu te pago o brejo todo!

Giselda!

Escrito por Gillmonteiro às 21h20
[ ] [ envie esta mensagem ]

(Acontece toda vez que eu fico) Apaixonado

Ultraje A Rigor

Acontece toda vez que eu fico apaixonado
existe uma parte da anatomia da gente
que os médicos chamam de corpo cavernoso
é um tecido erétil que quando tá cheio de sangue
fica logo visível, fica mais volumoso
mas parece que o sangue que enche o tal do tecido
vem logo do cérebro que fica um pouco perdido
nem raciocina mais, o tecido agora é que dita
e a gente começa agir de forma esquisita
o primeiro sintoma é uma leve bobeira
no momento seguinte cê já tá fazendo besteira
cê resolve ligar só pra dizer "oi"
já era, meu chapa, quando cê vai ver já foi
mas a gente nem liga porque é tão gostoso
nem tem importância fazer papel de bobo
é tudo culpa do corpo cavernoso
então vamo nessa eu quero tudo de novo!

Acontece toda vez que eu fico apaixonado

e nem é questão de ter a cabeça dura
é que a vida não tem graça sem nenhuma aventura
eu meto a cara, eu faço e depois eu penso
eu me declaro, eu troco juras de amor intenso
às vezes brigo, às vezes fico selvagem
às vezes choro e sempre falo bobagem
mas eu nem ligo porque é tão gostoso
tô indo nessa vou fazer tudo de novo!

Meu amor
não há saudade sem tristeza, não há amor sem saudade
Eu te amo
Te amo mais do que ontem e menos que amanhã
é a maior e mais bonita história de amor
que alguém possa viver
eu sempre te amarei, jamais te esquecerei
gostaria de poder ficar com você para sempre


Acontece toda vez que eu fico apaixonado

Escrito por Gillmonteiro às 21h11
[ ] [ envie esta mensagem ]
Busca na Web:

Perfil

Meu perfil
BRASIL, Nordeste, IRECE, Boa vista, Mulher, de 26 a 35 anos, Portuguese
MSN -