(: Mulekka :)


Domingo , 20 de Novembro


"QUANTOS GRÃOS DE AREIA PERDEMOS

ENQUANTO NOS PREOCUPAMOS EM VIRAR

A AMPULHETA."

Escrito por Gillmonteiro às 22h39
[ ] [ envie esta mensagem ]

UFBA: Universidade Federal da Bahia

FACED: Faculdade de Educação

CURSO: Licenciatura em Pedagogia / Irecê

CICLO: Quatro

GRUPO DE ORIENTAÇÃO : 2 / Solange e Edilene

NOME : Giselda Monteiro de Alcântara

ATIVIDADE: 416- Tecnologia

PROFESORA: Maria Helena Bonilla

 

TECNOLOGIA

 

 

Nos dias atuais acredito que, quase todos já ouviram falar ou fazem uso de algum meio de tecnológico, por um motivo ou outro.

A tecnologia tornou-se algo muito importante nos últimos tempos, principalmente o  uso de computadores com  acesso a internet, dando oportunidade de estar o tempo todo ligado a todos os acontecimentos do mundo.

A atividade TECNOLOGIA, deu-nos essa oportunidade de também está ou continuar incluído  nesse espaço que a cada dia vem crescendo cada vez mais.

Gostei bastante das discussões nas aulas sobre tecnologia, dos assuntos que foram abordados,  da forma como foram dirigidos pela professora Bonilla, bem como nas aulas sobre o Twiki. 

Confesso que ainda estou apenas iniciando minha carreira tecnológica, mas já aprendi bastante durante esse Ciclo, houve muita interação entre os colegas o que ajudou bastante, principalmente aqueles que ainda tinha muita dificuldade ou resistência em  usar as novas  tecnologias.

Comentei alguns blogs, e pude perceber o quanto todos também cresceram com as aulas (Judite Márcia, Aguida Ramos, Rosangela Rodrigues, Joelma Portugal, Agnaldo Alves)  
Com já  foi citado acima, achei que houve muita interação e interatividade, todos estavam muito produtivos durante todo o GEAC. Acredito que o crescimento , foi satisfatório, que mesmo os que ainda não estão  sentindo-se  seguros, já foi aberta a primeira porta para o mundo digitalizado, onde podem continuar sua caminhada sem maiores medos.

Ariston foi muito atencioso com todos que estavam fazendo o GEAC, sempre procurou atender a todos,  esclarecendo as dúvidas, ajudando a estarem inteirados das discussões do grupo, a participarem ativamente de tudo, atendendo principalmente aqueles que estavam com mais dificuldade em situar-se nos assuntos abordados ou até mesmo ensinando o mais trivial , como abrir um e-mail, ou o acesso a seus blogs e assim por diante.

Sinto que a maior dificuldade, é a falta de tempo (já que trabalho 40 horas), o tempo que resta é pouco, em alguns momentos o cansaço fala mais alto e deixo de fazer alguns estudos por conta desse fato,  o acesso também ainda é caro para a renda  que possuo, o acesso no laboratório, também é limitado, acho que não por está cheio, mas por eu não disponibilizar tempo suficiente para o uso.

São questões como essas que dificultam um pouco essa caminhada, porém, nada que me impeça de continuar caminhar. Acredito que, essas dificuldades irão se resolvendo no decorrer do curso, o tempo é pouco sabemos disso, mas o  bom aproveitamento dele, faz com seja mais produtivo e duradouro.  

Escrito por Gillmonteiro às 22h28
[ ] [ envie esta mensagem ]

UFBA: Universidade Federal da Bahia

FACED: Faculdade de Educação

CURSO: Licenciatura em Pedagogia / Irecê

CICLO: Quatro

GRUPO DE ORIENTAÇÃO: 2 / Solange e Edilene

NOME : Giselda Monteiro de Alcântara

ATIVIDADE: 427 – Recepção, interpretação e dramatização de conteúdo escolar

PROFESSOR: Cláudio Cajaíba

 

Síntese da Aula de Cláudio Cajaíba

 

A  oficina como é sabido foi dividida em duas partes: teórica e prática.

Acredito que, embora já tivesse estudado um pouco sobre hermenêutica numa outra oficina, o tema hermenêutica ainda é muito novo e como tudo que é novo,  torna-se um pouco complicado. 

Achei muito legal a parte prática da aula, a combinação entre a dança e o teatro, a valorização dos movimentos, à interpretação da performance e tudo mais que foi abordado  na parte prática . Porém, quando chegou na parte teórica , sinceramente não conseguia fazer uma relação com a prática, achei os textos complicados, precisei ler várias vezes  para poder tentar compreender um pouco sobre as  interpretações do mundo e das diversas atividades humanas, assim também para fazer uma relação da prática com a teoria. Sabemos quanto à interação é importante para a aprendizagem de todos nós,  serve também para estimular as diferentes formas de apreciação dos conteúdos, além de deixa-nos mais a vontade e mais seguros quanto a nossa atuação enquanto sociedade.

È de suma importância proporcionar experiências que contribuam para o crescimento   dos alunos de todas as suas formas de cooperação e de respeito.

Acredito que toda a minha dificuldade em assimilar essa relação , seja um déficit  da educação que tive, onde não se trabalhava a questão de o aluno como agente de seus próprios atos e atuando na sua própria formação, como acredito que hoje estamos buscando fazer.

Escrito por Gillmonteiro às 22h23
[ ] [ envie esta mensagem ]

Terça-feira , 15 de Novembro


Escrito por Gillmonteiro às 00h13
[ ] [ envie esta mensagem ]

Domingo , 13 de Novembro


Frejat - Segredos

Eu procuro um amor
que ainda não encontrei
diferente de todos que amei

Nos seus olhos quero descobrir
uma razão para viver
e as feridas dessa vida
eu quero esquecer

Pode ser que eu a encontre
numa fila de cinema
numa esquina ou numa mesa de bar
 
Procuro um amor
que seja bom pra mim
vou procurar, eu vou até o fim

E eu vou tratá-la bem
pra que ela não tenha medo
quando começar a conhecer
os meus segredos

Eu procuro um amor
uma razão para viver
e as feridas dessa vida
eu quero esquecer

Pode ser que eu gagueje
sem saber o que falar
mas eu disfarço
e não saio sem ela de lá

Procuro um amor
que seja bom pra mim
vou procurar, eu vou até o fim

___________________________________________________________________

Escrito por Gillmonteiro às 16h25
[ ] [ envie esta mensagem ]
Busca na Web:

Perfil

Meu perfil
BRASIL, Nordeste, IRECE, Boa vista, Mulher, de 26 a 35 anos, Portuguese
MSN -