(: Mulekka :)


Domingo , 13 de Maio


Amor Maior

Jota Quest

Composição: Rogério Flausino

Eu quero ficar só
Mas comigo só
Eu não consigo
Eu quero ficar junto
Mas sozinho só
Não é possível

Escrito por Gillmonteiro às 22h20
[ ] [ envie esta mensagem ]

                                                

MEUS PRESENTES... 

Escrito por Gillmonteiro às 22h11
[ ] [ envie esta mensagem ]

Soneto da fidelidade


De tudo, ao meu amor serei atento
Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto
Que mesmo em face do maior encanto
Dele se encante mais meu pensamento.
 

 

Quero vivê-lo em cada vão momento
E em seu louvor hei de espalhar meu canto
E rir meu riso e derramar meu pranto
Ao seu pesar ou seu contentamento.
 


E assim, quando mais tarde me procure
Quem sabe a morte, angústia de quem vive
Quem sabe a solidão, fim de quem ama
 


Eu possa (me) dizer do amor (que tive):
Que não seja imortal, posto que é chama
Mas que seja infinito enquanto dure.
Vinicius de Moraes 

Escrito por Gillmonteiro às 22h01
[ ] [ envie esta mensagem ]

Soneto da separação
 


De repente do riso fez-se o pranto
Silencioso e branco como a bruma
E das bocas unidas fez-se a espuma
E das mãos espalmadas fez-se o espanto.
De repente da calma fez-se o vento
Que dos olhos desfez a última chama
E da paixão fez-se o pressentimento
E do momento imóvel fez-se o drama.
 


De repente, não mais que de repente
Fez-se de triste o que se fez amante
E de sozinho o que se fez contente.
 


Fez-se do amigo próximo o distante
Fez-se da vida uma aventura errante
De repente, não mais que de repente.
 Vinicius de Moraes

Escrito por Gillmonteiro às 22h00
[ ] [ envie esta mensagem ]

REVELAÇÃO

Eu me esqueci no armário.

Pensei estar vivendo,
estudando, trabalhando, sendo!

Pensei ter amado e odiado,
aprendido e ensinado,
fugido e lutado,
confundido e explicado.

Mas hoje, surpreso,
me vi no armário embutido
calado, sozinho, perdido, parado

Escrito por Gillmonteiro às 21h59
[ ] [ envie esta mensagem ]

Por algum tempo,

Achei que a vida tinha perdido o sentido

Que idiotice...

Hoje, tenho a vida, como um nascimento

que a cada instante proporciona-me  novidades...

Que bom é viver.

Escrito por Gillmonteiro às 21h20
[ ] [ envie esta mensagem ]

Sexta-feira , 04 de Maio


O que é a vida para você?

Com certeza, muitos dos que forem colocados diante dessa pergunta dirá: A vida para mim é amor.

Eu, porém, digo mais: A vida para mim é amar...O amor por se só, não se completa, você precisa amar para que ele aconteça...

Se me perguntares ,agora ou  quando  eu já estiver bem velhinha (assim desejo ficar), o que fiz da minha vida? simplesmente direi: Eu amei...

Se fui amada??? Talvez!!!   

Escrito por Gillmonteiro às 12h06
[ ] [ envie esta mensagem ]
Busca na Web:

Perfil

Meu perfil
BRASIL, Nordeste, IRECE, Boa vista, Mulher, de 26 a 35 anos, Portuguese
MSN -